blog
amo branding

Estudo de caso de branding pessoal: a vegana Alana Rox

5 de janeiro de 2017

O ápice de uma marca pessoal bem posicionada é quando o indivíduo vira uma espécie de sinônimo de sua especialidade. O primeiro nome lembrado, o expert, a referência. É quando ele se apodera de seu nicho, se tornando “dono” dele. O efeito? Um profissional à prova de concorrência, com demanda ininterrupta – afinal, mesmo em um mercado como o de remédios, com genéricos legalizados, a procura pelos originais sempre terá espaço de destaque e preferência.

A introdução é para apresentar o recente case de Alana Rox, dona da O Diário de uma Vegana, marca que tem redes sociais, livro e programa de TV. Alana vem cada vez mais sendo uma referência quando se fala de alimentação vegana para um público leigo. Pouco a pouco, aumenta seu alcance e engajemento, de forma orgânica, bastante natural. O segredo do posicionamento bem feito? O cuidado com cinco fatores fundamentais no branding pessoal.

branding pessoal Alana Rox

FOCO: MERGULHE EM UM NICHO DE POSICIONAMENTO
Se você quer vender tudo para todo mundo, pode acabar não vendendo nada para ninguém. O nicho facilita a diferenciação, reduz a concorrência direta e fortalece a especialidade, além de ajudar a ter uma história para contar – ideia número um do branding. Alana se posiciona dentro do veganismo com um estilo de vida natural e saudável, didático, fácil e acessível a leigos.

A HISTÓRIA POR TRÁS DA MARCA
Saber por que você escolheu determinado nicho e ter uma narrativa – VERDADEIRA! – por trás da escolha são pré-requisitos para uma marca pessoal forte. Alana conta dos efeitos positivos do veganismo em sua vida, sendo a melhor garota-propaganda do estilo que prega. Ao compartilhar como a alimentação trouxe mudanças em sua saúde, traz para perto pessoas que se identificam com a história. Além, é claro, de fortalecer a coerência em tudo que faz.

ATENÇÃO À IMAGEM
Não é superficialidade: todos tiram conclusões com base no que os olhos veem. Ao pregar um estilo saudável, é importante que Alana represente o que afirma – pele e cabelos bem tratatos, por exemplo. Além da coerência com o nicho, a boa imagem também ajuda na primeira impressão em geral. Não se trata de beleza ou determinados padrões, a questão é em torno de cuidado pessoal e adequação ao conjunto.

A COMUNICAÇÃO QUE APROXIMA
Redes sociais hoje permitem uma relação direta entre marca e público. No online e no offline {dando aulas de culinária Brasil afora}, Alana se aproxima de quem se interessa por seu posicionamento, o que fortalece cada vez mais sua imagem como referência da área.

OFERTA DE CONTEÚDO
Se você quer vender – produto, serviço ou imagem pessoal –, é preciso antes oferecer algo que comprove seu posicionamento, atraia público e passe confiança em sua marca. Por essa razão, a produção de conteúdo online é pré-requisito fundamental. A custo zero, em um blog e/ou rede social, um profissional compartilha conhecimento, cativa clientes em potencial e fortalece sua imagem. Antes de vender aulas e livros, Alana divide todo seu repertório de especialista no veganismo. O aumento do desejo em seus produtos é consequência direta.

No mais, paciência e tempo ao tempo! Uma marca não se constrói em duas semanas e ter consistência e persistência é fundamental. Insista, insista, insista, sempre com todas as partes da estratégia sendo atendidas. Branding não é uma ciência exata e, por isso, é impossível dizer quanto tempo leva para um posicionamento dar resultados, mas imagine algo em torno de dois anos em média para efeitos mais perceptíveis.


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Dez mandamentos do posicionamento de marca neste ano novo

29 de dezembro de 2016

Posicionar, reposicionar ou fortalecer sua marca: um destes três objetivos certamente faz parte da sua lista de metas 2017 se você está agora aqui lendo este post. Pois bem, a lista – inspirada em casos reais vistos neste ano – relaciona um monte de errinhos que podem acontecer no branding de uma pessoa ou empresa sem que ela se dê conta.

Nesta nova temporada, se você deseja uma marca realmente forte, faça o exercício diário de estar sempre atento a estas questões que, vez por outra, tiram pontos valiosos de negócios super promissores.

mandamentos do posicionamento de marca
imagem Resoluções de Ano Novo via Shutterstock

* Não deixarás as pessoas sem resposta em redes sociais, mensagens ou emails.

* Não dificultarás para quem deseja comprar o seu produto – postura inacessível, falta de atendimento, pouco caso com a necessidade do cliente e aquele datado “se fazer de difícil” estão entre as ações proibidas na hora da venda!

* Não baterás boca nem serás grosseiro com cliente – seja ao vivo, seja em redes sociais. Ok, nem sempre o cliente tem razão, mas contar até dez é (sempre) preciso.

* Não trararás seus preços como o 4º “segredo de Fátima”, ocultando-o ou tratando como algo que só se revela depois de seis meses de relacionamento!

* Não entregarás um produto em condições inadequadas (como sacola rasgada ou usada, por exemplo). A marca é comunicada nos detalhes e a atenção estética é parte – importante – do processo.

* Não farás diferença de tratamento entre famosos e pessoas comuns (de que adianta ter o cliente famoso que influenciará outras pessoas se estas, ao chegarem lá, serão mal atendidas?). Qualquer consumidor é VIP e deve ser tratado como tal, repita esta frase diariamente.

* Não faltarás com o que foi acordado – o que inclui respeito ao horário e/ou prazo de entrega, por exemplo.

* Não dispensarás a importância de uma “casa virtual”, que sirva de vitrine para sua marca – blog e/ou site institucional.

* Não usarás nenhum tipo de spam para suas comunicações fixas – uma promoção via Whatsapp só pode ser enviada se o cliente aceitou ter seu número incluído nesta lista de envios.

* Não ignorarás o poder do cobranding – parcerias com outras marcas que tenham sintonia com a sua deixam todos os envolvidos mais fortes!

 

 

 

Última temporada de Workshops AG Branding: na próxima segunda (2.01), começam as inscrições para a última edição dos módulos Branding para Empreendedores (14.02), Branding Pessoal (15.02) e Branding para Blogueiros (16.02) – poucas vagas em novo formato! Garanta sua participação no link sympla.com.br/agbranding.


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Retrospectiva Instagram: nove dicas de branding do ano!

14 de dezembro de 2016

Mais ativo canal digital da AG Branding, o instagram @amobranding teve 258 postagens em 2016 – uma média de um post por dia útil do ano. Em formato de pílulas rápidas, são compartilhados desde meados de 2015 cases, dicas, frases e imagens que nos ajudam a entender didaticamente o universo do posicionamento de marca. E no meio de quase três centenas de publicações, nove se destacaram neste ano. A apuração é do #2016bestnine, site que mostra quais postagens tiveram maior engajamento no período. E um passeio por elas mostra nove dicas de branding que sempre ajudam…

amobranding dicas de branding

1º) Seja a pessoa que você diz ser nas redes sociais: coerência e consistência são pilares do branding pessoal; postar um personagem não é uma marca que se sustenta – edite-se, mas seja honesto e transparente.

2º) Esvaziar a mala para preencher com coisas novas, o rebranding: se um modelo de negócios ou posicionamento de marca não representa mais o que deseja comunicar, rasgue o papel sem medo e recomece.

3º) Não diga no Twitter o que você não diria no escritório: as redes sociais são poderosas – e observadas – vitrines de marca pessoal. Seja sempre cuidadoso com o que de si será colocado nestas prateleiras.

4º) Os nichos abandonados na internet: focar é o primeiro passo para uma marca bem-sucedida. E no universo digital ainda há muitos espaços a serem preenchidos, enquanto uma maioria se debate para atingir a massa. Lembre-se sempre que quanto maior uma audiência menor tende a ser seu engajamento – a verdadeira unidade de valor dos dias atuais. Foco!

5º) Vestir-se bem é fortalecer sua imagem de marca pessoal: não é superficialidade, todo mundo tem uma primeira impressão baseada na questão visual. Adequação é a palavra-chave, sempre.

6º) Gisele e sua marca focada na excelência: o vídeo com trecho de uma entrevista da supermodelo mostra o segredo do sucesso de sua marca pessoal – fazer sempre o melhor, surpreender, se comprometer com o serviço perfeito.

7º) A troca de ideias que gera mais ideias: compartilhar, trocar figurinhas, dividir o que sabe… esse networking sempre traz repertório extra para sua própria marca.

8º) O rebranding de Mariah Bernardes: um novo stylist, um novo corte de cabelo e uma semana de moda em NY foram a fórmula da blogueira para lançar sua nova marca pessoal.

9º) Não espere, comece hoje sua nova marca: é preciso dar o pontapé inicial sem aguardar a suposta hora exata – o famoso “comece onde você está com o que você tem!”.

Para conferir essas e outras postagens, siga o instagram @amobranding!


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…