blog
amo branding

Sua marca em versão “faça você mesmo” – cinco ótimos aliados!

20 de abril de 2017

Desde que a marca AmoBranding foi criada, em 2014, o objetivo é único e claro: fazer com que qualquer pessoa tenha acesso a estratégias de branding, assim no modo “faça você mesmo”. Claro que contar com ajuda profissional é excelente, claro que uma consultoria pode abreviar tempo e esforços, mas nem todo mundo tem condições de investir quando começa um negócio – e/ou quando entende que deve enxergar a si próprio como uma marca. Em cada post do blog e do insta, você consegue encontrar alguma referência que te leve sem escalar para a ação. E é exatamente esse o intuito!

Pois bem, a questão da identidade visual é um dos pontos de partida da comunicação de marca. E também um dos campos nos quais as pessoas mais pecam e perdem valiosos pontos na percepção do possível cliente. Se puder investir em fotógrafo e designer, saiba que esses profissionais estão entre os melhores amigos do posicionamento, mas, se não for o momento para esta verba, leia este post e veja que há um plano B.

branding faça você mesmo
imagem computador via Shutterstock

1º passo) Fotos com qualidade: clique e trate
Uma boa foto é uma boa foto! Claro que não dá para comparar o efeito que o equipamento – e a técnica – profissional oferece, mas hoje em dia até os bons celulares conseguem atender a expectativa. Tenha em mente que vai precisar contar com duas frentes de apoio: uma boa luz natural (minimiza bastante a questão da falta de equipamentos de luz etc) e um aplicativo básico de tratamento. Existem infinitos e cada um tem lá seu ponto forte, mas para optar por um fique com o Snapseed. Use exclusivamente as configurações de “Tune Image” (que traz os ajustes principais, brilho e contraste) e “White Balance” (que mexe na temperatura da imagem). O app é super intuitivo e apenas estas duas ações deixam sua foto belíssima!

2º passo) Design para principiantes
Nesta categoria entram as montagens que você vai precisar para postar no Facebook, a frase bonita para o seu instagram, o convite para o seu lançamento e até mesmo o layout do seu cartão de visitas. Se o Photoshop sempre foi um bicho de sete cabeças para você, migre já para o Canva. O site tem uma maneira fácil e intuitiva de preparar todo tipo de material gráfico. O melhor: quase todas as funções são gratuitas, você só precisa pagar se desejar uma imagem ou ilustração fora do cardápio básico – ou se necessitar de uma resolução muito maior para impressão. Por lá, você ainda consegue salvar em diferentes extensões de arquivo, o que facilita quando for preciso enviar algo para imprimir em gráfica. Já para aquelas montagens digitais do dia a dia, baixe no celular o Diptic (montagens básicas diversas) e o WordSwag (para fazer imagens com frases em fontes e formatos criativos e variados, super completo).

3º passo) Material inicial de marca
Cartão de visitas, convites, flyers de divulgação e até alguns brindes personalizados, como lápis e caderninhos: não existe custo-benefício igual ao da Printi. O padrão de gráfica digital permite que um usuário comum faça tudo sozinho, do envio do arquivo à configuração da peça. O preço? Imbatível! Descobri na internet depois que uma gráfica me cobrou R$ 2.000 para fazer meu cartão de visita, com a explicação de que ele usava um “formato caro” e eu consegui produzir a mesma coisa pagando algo em torno de R$ 100! Apenas um adendo: faça com atenção suas configurações, pois o sistema é bem voltado para o esquema “faça você mesmo” – se a tecnologia é nota dez, o atendimento leva um seis e olhe lá, é bem limitado e sem disposição para sair do sistema para atender qualquer necessidade*.
(*caso pessoal para explicar a crítica: na configuração de um convite, marquei por engano um extra de acabamento que não havia. O sistema não aceitou a alteração e foi preciso cancelar o pedido e refazer, o que acarretou custo extra para manter o mesmo prazo de entrega, mesmo com poucas horas entre uma coisa e outra. Ao telefone, o atendimento foi pouco simpático. Ainda assim, sigo cliente fiel e recomendo, pois o preço é imbatível e a qualidade do produto é super ok.)

p.s. Snapseed, Canva, Diptic, WordSwag e Printi: os cinco são testados, habitualmente usados e aprovados por mim! 😉


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

  1. Mayara Soares Em 20/04/2017

    Ale, isso que eu chamo de um post utilidade publica. Haha eram exatamente as informaçoes que eu estava precisando. Tks 😉




  2. Vanessa Em 21/04/2017

    Post perfeito! Tudo que estava procurando!