blog
amo branding

Por que o autoconhecimento é o melhor amigo do branding

17 de outubro de 2017

Branding, você já sabe, é tornar único aquele produto, serviço ou negócio, mesmo que aparentemente existam muitas outras pessoas fazendo exatamente a mesma coisa. Ao investir no posicionamento estratégico – algo que, vale ressaltar, pode se fazer mesmo a custo zero –, sua marca se diferencia da concorrência e passa a ter aquele “algo mais” que só você pode oferecer. Pois bem, é aí que entra o autoconhecimento: apenas mergulhando em sua real e profunda essência será possível definir suas especificidades, seus valores, seus talentos e a maneira de aplicar tudo isso em algo de fato único.

autoconhecimento no branding
imagem branding via Shutterstock

Um bom processo de coaching é um ótimo pontapé inicial {busque um bom profissional, de preferência com indicações de quem já testou na prática e teve resultados, pois o mercado de coachs cresceu indiscriminadamente nos últimos anos}. Mas não é tudo. Leituras variadas sobre ego, modelo mental e inteligência espiritual trazem um importante repertório. Cursos e palestras, online ou offline, em temas diversos como ansiedade, meditação e até Yoga também preparam sua mente para os insights necessários neste percurso. Lembre-se que quanto mais você se conhece, mais estará apto a identificar dons e propósito, os verdadeiros guias de uma marca exclusiva e focada na própria identidade.

Alguns bons nomes a buscar como fontes de referência – em livros, cursos ou redes sociais – na busca do autoconhecimento.

NA AMAZON…
Cada um a seu modo e com seu foco, vale buscar os livros de Sri Prem Baba, Eckhart Tolle, Brené Brown, Don Miguel Ruiz Jr. (Os Quatro Compromissos é leitura obrigatória para todos!) e Daniel Goleman.

NO INSTA-STORIES…
As explicações astrológicas de @invertisa e a teoria da yoga de @yogalifestylebr trazem ótimas inspirações sobre sua real essência.

NOS ENCONTROS PRESENCIAIS…
Vale conferir a ótima programação do Espaço Natividade, em São Paulo, com cursos rápidos baseados em yoga, meditação e autoconhecimento em geral. Lembre também que, a partir deste segundo semestre de 2017, a programação Amo Branding passou a ter (ainda mais) foco no base do autoconhecimento. Ao assumir que “a marca é a alma do negócio e a alma é a marca do negócio”, os encontros se baseiam também em temas relacionados a ego, propósito e modelo mental no uso das estratégias de posicionamento.


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…