blog
amo branding

Conteúdo no Branding Digital: o inspirador case Comidinhas da Diana

31 de outubro de 2017

No branding, estratégias e teorias ajudam muito, mas não há nada como contar histórias reais inspiradoras que têm o posicionamento de imagem – intencional ou casual – como grande trunfo do sucesso. Poder aprender com os cases alheios (nunca copiando, por favor! apenas aprendendo e levando as dicas para o seu universo) garante um caminho mais curto e eficiente rumo a suas metas. E, pode apostar, é possível tirar ensinamentos mesmo de negócios aparentemente 100% diferentes do seu. Valores, métodos e hábitos de base, no branding, são surpreendentemente semelhantes nos mais diversos mercados.

O case deste post merece toda a sua atenção no que diz respeito a comunicação digital. A marca surgiu de um interesse/necessidade pessoal da fundadora, encontrou um público com os mesmos interesses/necessidades e com base sobretudo no bom senso traçou e vem traçando uma caminhada repleta de acertos e ótimos resultados. O perfil Comidinhas da Diana, criado por Fernanda Fontoura em 2015, mostra pratinhos balanceados (e lindos) + receitas para crianças desde a introdução alimentar. Em dois anos e meio, ela já soma quase 200 mil seguidores: e vale reforçar que são seguidores reais, interessados e engajados (pois números digitais, hoje em dia, nem sempre têm esse lastro). Da marca digital fortalecida, surgiu a ideia de vender livros físicos, que foram criados, produzidos e até bem pouco tempo atrás enviados pessoalmente pela autora. O resultado? Mais de 30 mil unidades comercializadas e um faturamento que, segundo palavras da Fer, “mudou a vida”.

Como o case Comidinhas da Diana seria um dos apresentados nesta manhã durante o encontro Amo Branding – módulo Branding nas Mídias Digitais, bati um papo com ela para ter mais detalhes e o resultado dessa conversa deliciosa você lê aqui embaixo. Acredite: a sua necessidade de conteúdo é também o desejo de conteúdo de outras pessoas. “Escreva o livro que você quer ler” é sempre a melhor definição sobre criação de marcas de conteúdo! Inspire-se…

Comdinhas da Diana

Você conta que sempre gostou de cozinhar, mas isso se tornou sua marca depois do nascimento da sua filha. Por que resolveu compartilhar esse conteúdo na internet, como surgiu o Comidinhas da Diana?
Tudo começou porque eu mesma me surpreendia com o quão bonitos ficavam os pratinhos da Diana. Comecei compartilhando no meu perfil pessoal e, como ficava cada vez mais frequente, me preocupei que talvez meus amigos e familiares que não estivessem nessa mesma fase da vida pudessem se incomodar com uma abordagem frequente. Foi quando decidi criar um perfil exclusivo para as comidinhas da Diana.

Existe uma frase que diz “Escreva o livro que você quer ler.”. Você acredita que esse foi o ponto de partida e o segredo do sucesso da sua marca?
Para ser muitíssimo sincera, até hoje me surpreendo com a proporção que o Comidinhas da Diana tomou. Não havia a intenção de ser uma marca e muito menos ser uma marca de sucesso. Foi realmente muito desproposital compartilhar a alimentação da minha filha. Acho que minha consciência de que poderia ser algo comercial foi quando a primeira loja entrou em contato para uma parceria. Acredito que ali comecei a pensar nisso.

O primeiro livro também foi uma aposta pessoal, na qual você embarcou e investiu em um projeto independente. Havia a demanda dos seus seguidores para o produto ou foi uma iniciativa pessoal? De onde veio o pontapé para desenvolver o projeto por sua conta?
A ideia do livro partiu dos seguidores da época, pois o Comidinhas da Diana não tinha a pretensão de ser fonte de receitas, apenas de inspirar as pessoas através dos pratinhos – mais forte objetivo ainda hoje. As receitas foram consequência do conteúdo postado. Apostei no primeiro livrinho sem sequer ter verba para produzi-lo. Abri a pré-venda e foi um sucesso: em 4 dias eu tinha vendido o primeiro milheiro e pude então pagar os custos.

Boa parte do conteúdo dos livros pode ser encontrada gratuitamente nas suas redes e isso jamais impediu que eles fossem um fenômeno de vendas. Quanto deste resultado você credita ao fato de ter criado uma marca forte, com posicionamento bem alinhado e sobretudo relacionamento com seu público?
Esse é o forte do Comidinhas da Diana e o que mais me dá resultado: o compartilhamento gratuito do conteúdo. Isso porque a receita compartilhada permite que as pessoas testem e comprovem que de fato são fáceis e gostosas, que agradam bebês, crianças e adultos. Os seguidores então desejam ter o material com as receitas impressas pela facilidade de ter sempre à mão. Além disso, por todo o conteúdo que eu compartilho com o intuito de melhorar a alimentação das pessoas, elas acabam tendo empatia e gratidão pelo meu trabalho – e adquirem os livrinhos até como agradecimento, incentivo e apoio. Acredito que seja uma troca muito positiva para ambas as partes!

Você parece ser do tipo que “joga nas onze posições”! Suas imagens são lindas e esteticamente caprichadas, o conteúdo é super bem cuidado, você interage diariamente com seus seguidores e cuida pessoalmente do envio dos milhares de livrinhos vendidos. Acredita que este controle em cada etapa ajuda no fortalecimento da marca?
Há pouco tempo comecei a ter ajuda na logística dos pedidos, considerando a demanda que cresce, mas até onde consegui sempre fiz tudo sozinha. A parte do instagram realmente não vejo como terceirizar: é muito a minha rotina e a nossa vida mesmo. Os pratinhos são postados quase que em tempo real e tenho muito prazer no que faço. A terceirização perderia toda a essência de mostrar a nossa casa, a nossa cozinha. Percebo que as pessoas valorizam esse empenho e dedicação e é um fator positivo: saber que fui eu mesma que embalei o pedido traz todo um carinho extra.

Sei que além dos livros dá cursos e palestras também. Quais são hoje as fontes de faturamento da marca?
O faturamento principal fica por conta da venda dos livrinhos. Os cursos e palestras ainda são eventuais porque demandam disponibilidade de tempo que ainda preciso gerenciar melhor.

Cada aspecto é impecável. Quanto de estratégia de branding e quanto de “apenas o bom senso” existiu no seu processo de construção de marca?
Nunca tive assessoria de branding e foi tudo no feeling mesmo: percebo o que as pessoas gostam, tomo muito cuidado em não interferir na área dos profissionais da saúde (e com isso tenho total apoio e indicação deles), dedico-me ao conteúdo frequente e à imagem, que são caseiras e de celular mesmo, mas com um cuidado.

Quais os próximos passos da marca Comidinhas da Diana, o que podemos esperar?!
Em breve lançarei meu aplicativo e os planos futuros incluem o lançamento de um novo livro no primeiro trimestre de 2018, além de um canal no Youtube com produção bacana. No mais, muitas receitinhas novas e conteúdo de qualidade.

Comdinhas da Diana
Fer Fontoura e os livrinhos com a marca Comidinhas da Diana

Muito obrigada por dividir sua experiência aqui, Fer! Que o Comidinhas da Diana (link para o insta aqui!) continue nos inspirando mais e mais.

 

p.s. E dia 21.11 tem o último módulo dos encontros Amo Branding neste ano, com o tema “Por Quê: o Propósito de Sua Marca”. Vamos conversar sobre a importância do autoconhecimento na construção de um posicionamento de imagem, com cases reais de marcas e profissionais que usam o propósito como ponto de partida do branding e têm na alma seu melhor segredo de sucesso. As inscrições começam no dia 6.11 no link http://ale.ag/amobranding17.

VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Por que o autoconhecimento é o melhor amigo do branding

17 de outubro de 2017

Branding, você já sabe, é tornar único aquele produto, serviço ou negócio, mesmo que aparentemente existam muitas outras pessoas fazendo exatamente a mesma coisa. Ao investir no posicionamento estratégico – algo que, vale ressaltar, pode se fazer mesmo a custo zero –, sua marca se diferencia da concorrência e passa a ter aquele “algo mais” que só você pode oferecer. Pois bem, é aí que entra o autoconhecimento: apenas mergulhando em sua real e profunda essência será possível definir suas especificidades, seus valores, seus talentos e a maneira de aplicar tudo isso em algo de fato único.

autoconhecimento no branding
imagem branding via Shutterstock

Um bom processo de coaching é um ótimo pontapé inicial {busque um bom profissional, de preferência com indicações de quem já testou na prática e teve resultados, pois o mercado de coachs cresceu indiscriminadamente nos últimos anos}. Mas não é tudo. Leituras variadas sobre ego, modelo mental e inteligência espiritual trazem um importante repertório. Cursos e palestras, online ou offline, em temas diversos como ansiedade, meditação e até Yoga também preparam sua mente para os insights necessários neste percurso. Lembre-se que quanto mais você se conhece, mais estará apto a identificar dons e propósito, os verdadeiros guias de uma marca exclusiva e focada na própria identidade.

Alguns bons nomes a buscar como fontes de referência – em livros, cursos ou redes sociais – na busca do autoconhecimento.

NA AMAZON…
Cada um a seu modo e com seu foco, vale buscar os livros de Sri Prem Baba, Eckhart Tolle, Brené Brown, Don Miguel Ruiz Jr. (Os Quatro Compromissos é leitura obrigatória para todos!) e Daniel Goleman.

NO INSTA-STORIES…
As explicações astrológicas de @invertisa e a teoria da yoga de @yogalifestylebr trazem ótimas inspirações sobre sua real essência.

NOS ENCONTROS PRESENCIAIS…
Vale conferir a ótima programação do Espaço Natividade, em São Paulo, com cursos rápidos baseados em yoga, meditação e autoconhecimento em geral. Lembre também que, a partir deste segundo semestre de 2017, a programação Amo Branding passou a ter (ainda mais) foco no base do autoconhecimento. Ao assumir que “a marca é a alma do negócio e a alma é a marca do negócio”, os encontros se baseiam também em temas relacionados a ego, propósito e modelo mental no uso das estratégias de posicionamento.


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…

Encontros Amo Branding: programação completa 2017

12 de setembro de 2017

Depois de três meses de pausa na programação, é hora de lançamento! O novo formato Amo Branding | AG é na medida para apaixonados por branding, que desejam se aprofundar mais nos diversos sub-tópicos que compõem este assunto. Ao contrário de um workshop, onde vários temas são mais pincelados em série, a ideia agora é mergulhar um pouco mais (claro, no limite do possível para um papo de uma manhã) em poucos itens de foco. O slogan “A Marca é a Alma do Negócio; a Alma é a Marca do Negócio”, que você leu no instagram @amobranding dias atrás, pauta esta nova fase: pitadas de autoconhecimento, propósito e essência darão cada vez mais o tom do conteúdo – já que comprovadamente as marcas de maior sucesso são aquelas que têm lastro real.

Encontros Amo Branding
imagem: encontro de negócios via Shutterstock

O mix de teoria & prática (com análises de casos reais e bem conhecidos de todos como exemplos), que já é marca-registrada do conteúdo Amo Branding, segue como fórmula. Os Encontros são democráticos e sem pré-requisitos: o conteúdo 100% inédito atenderá tanto a quem já esteve em todos os módulos antigos de workshops quanto a quem ainda não teve qualquer contato com o tema.

Para quem? Pessoas físicas em geral! Profissionais liberais, blogueiros e EUpreendedores (donos de pequenos negócios) especialmente. Por quê? “Uma empresa sem história é geralmente uma empresa sem estratégia”, diz a frase do empreendedor e autor best-seller Ben Horowitz. Os encontros vão te ajudar então a conhecer (sua história) & traçar (sua estratégia), graças ao compartilhamento de muito conteúdo inédito.

A programação de temas e datas de 2017 já está definida. Confira a agenda abaixo e programe-se para estar em (ao menos!) uma destas manhãs!

ENCONTRO AMO BRANDING SETEMBRO
tema: Pense MARCA – sua essência, seu branding + fatores indispensáveis
data: 28.09.17, 9h30 às 12h30
pré-venda*: encerrada!
lançamento: inscrições abertas a partir de 11.09 em amobranding.com.br/encontro1

ENCONTRO AMO BRANDING OUTUBRO
tema: Branding nas Mídias Digitais
data: 31.10.17, 9h30 às 12h30
pré-venda*: 28.09 a 1.10
lançamento: inscrições abertas a partir de 2.10 em amobranding.com.br/encontros2017

ENCONTRO AMO BRANDING NOVEMBRO
tema: “Por Quê” – o Propósito de Sua Marca
data: 21.11.17, 9h30 às 12h30
pré-venda*: 31.10 a 2.11
lançamento: inscrições abertas a partir de 3.11 em amobranding.com.br/encontros2017

 

* Pré-venda: lote especial com 20% de desconto para assinantes da newsletter de avisos Amo Branding – cadastre-se em amobranding.com.br/newsletter ou no rodapé do site.


VOCÊ TAMBÉM VAI GOSTAR DE LER…